segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Ciumes


Ciumes.

Há aqueles que afirmam nunca sentem ciumes... ( detesto estes tipos) no mínimo são seguidores não evoluídos de Dalai Lama, são pessoas que não sentem, não amam, não sabem o gostinho de nó na garganta e de boca seca, são pessoas extremamente equilibradas, mas cá entre nós o equilíbrio é equilibrado demais, e isso me irrita.

Mas vamos deixar bem claro este tal ciumes que estou falando.

Não é aquele tipo possessão, instinto selvagem, não é o ciumes tipo surtado que sai desconfiando de tudo e vive bisbilhotando.

Gosto do ciumes doce, do ciumes de quem cuida de quem ama e preserva.

Gosto do ciumes tipo macho que zela por sua fêmea.

Gosto das expressões.

Muitos confundem a segurança e a confiança com a mania de dizer que não sente ciumes... ERRADO.

Você pode confiar plenamente e ter total segurança em quem você ama, mas mesmo assim, sentirá aquele ciumes gostoso.

Conselho de quem já viveu muitas histórias, se você sentir deixe claro que esta sentindo!

Mas vai também um alerta para aquela minha amiga demente que eu tanto amo que vive lá no sertão onde nem o tal do Judas conseguiu chegar para perder suas botas, sim senhora Dona Carlota Joaquina, acima de todos esta você, acima deste sentimento esquisito que só você acha que é amor, esta você! Então olhe mais para o espelho e menos para os números que aparecem no celular do seu namorado. Lembre-se a auto estima pode ser seu céu ou inferno, se você não confiar em seu melhor certamente ninguém mais poderá.

Beijos
Rê Pinheiro

3 comentários:

  1. Rs!Enquanto estive fora, andou produzinho belos textos..Parabéns!
    Me vi em Carlota Joaquina, aqui do Sertão..rsrs...Que alma é essa que se parece com a minha amiga..Te ler é me enxergar através de um espelho d'água..como se escutasse os meus pensamentos que são verbalizados por ti..
    SHALOM

    ResponderExcluir
  2. Pois é esta Carlota Joaquina é uma figura, uma grande amiga e uma peça rara, uma escorpiana arretada de sangue quente que considero como irmã.
    Mas agora deixe-me falar uma coisa, Divina Inspiração foi esta sua: "Te ler é me enxergar através de um espelho d'água..como se escutasse os meus pensamentos que são verbalizados por ti"...
    Meu Deus quanta honra, como é bom encontrar pessoas semelhantes em sentimentos a nós e mais que sabem expressar também, pois você é uma alma rara, pura e incrivelmente bela.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Massa, Rê! Eu sou ciumenta sim! E que não é??
    É mentira os que afirmam não sentir. Porém, sou bem controlada, viu??! E acho que me enquadro no tipo ciumenta equilibrada. Mas é que sou uma libriana autêntica.... Daí se explica tudo... rrsrs
    Bjão
    Tô gostando de te ler.

    ResponderExcluir