segunda-feira, 4 de julho de 2011

Esta decidido. ESTOU DESISTINDO DE VOCÊ


"Acordei agora com você me chamando !!! Você esta bem? Te quero tão bem ... As vezes me pego em meus pensamentos e me pergunto o porque de tanto tempo" ...

E tudo simplesmente desapareceu. Mais uma vez ele se foi, levando consigo meus anseios. Gritei tão alto, tão forte que em seus sonhos ele pode me ouvir. Sentia medo e meu único desejo era apenas de tê-lo por perto, de deitar em seu colo, mas sua teimosia foi maior que o som da minha voz e minha busca por você.

Meu Deus como te amo.
Mas o meu amor não é suficiente.

Preciso de mais.

E este foi o exato momento em que decidi que estou desistindo de você sei que desta forma estarei desistindo de um pouco de mim também.
Mas a realidade é que te amar desmedidamente tem me feito deixar a mim mesma simplesmente vagando pelo tempo.

Estou invadida por um sentimento arrebatador , sentimento sem forma definida que as vezes me faz pular de alegria e chorar escondida a noite sem ao menos saber se sou correspondida ...

E mesmo evitando seu olhar dou de cara com voce em cada um dos meus sonhos entao acordo e você esta so dentro de mim , lugar de onde jamais saiu ...
O tempo passa e o que deveria diminuir com o tempo so faz crescer , ganhar ainda mais força em formas e intensidades ...
Lembro -me do gosto do gosto do beijo , do seu toque em minhas mãos e daquele sorriso emprestado para mim naquele exato instante no banco de um carro num lugar perdido ...

Lembro de quando desejou que fosse sua, por um momento me disse que gostaria de ficar comigo para sempre ...mais o seu para sempre durou menos que o meu e eu fiquei exatamente aqui. Perdida entre minhas vagas lembrânças. Tentando ver em cada um dos nossos muitos desencontros e em cada um dos seus "não" um real motivo escondido.

E mais uma vez você se foi, não sei para onde, deixando comigo uma sensação desumana de saudade, uma dor constante demoninada ausência.

Tivemos melhores momentos, fotos, mas não temos nada em comum.

Mas não saiu de mim este aperto que me consumia, e o desejo de fazer parte de uma parte de sua vida.

Vejo muitas perguntas que vão ficando sem resposas.

Mas vejo que já me basta, não adianta mais ...
O tempo mais uma vez correu contra nós.
Talvez um dia eu consiga ser apenas sua amiga. E serei.

Talvez amanhã eu já nem sinta ciúmes, saudades e tudo fique apenas "Em algum do passado". Lugar de onde nunca deveria ter saido.
Tudo isso ja não importa , vou trancar meu coraçao e seguir em frente ...

Desejo andar, seguir e quem sabe dar de cara com a felicidade ..
Por que hoje, exatamente hoje eu estou desistindo de você.




Beijos

Rê Pinheiro