sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

QUERO GENTE DE VERDADE.








Não tenho a menor vocação para esta coisa sem noção de dar tempo.
Quem foi o idiota que inventou um absurdo tamanho deste?
Desde quando uma pessoa que ama precisa de um tempo para pensar?
Pensar em que?
Na morte da Bezerra?
Pensar nas probabilidades se esta feliz ou não, se quer prosseguir ou não, se quer ficar sozinha ou não?
Me fale isso é covardia ou ignorância?
Eu acredito que ambos.
Enfim:

ESTA DECRETADO QUE A PARTIR DE HOJE EM MINHA VIDA E PARA TODO O SEMPRE ESTOU ABOLINDO QUALQUER HIPOTESE DE CONHECER COVARDES... IGNORANTES...E MENTIROSOS...

Quero gente de verdade!
Gente que sente, que ri com vontade sem vergonha de fazer barulho , que chora e se descabela, gente que se emociona até os poros, que vibra com a alegria dos outros, gente que acorda as 4:30 da manhã para ir buscar um amiga na rodoviária e ainda se sente feliz... gente que ama porque ama e não porque quer amar...
Sabe aquele tipo de gente que quando estamos perto sentimos o mundo parar, a paz aparece não se sabe de onde, e enxergamos chuvas de raios e arcos iris... gente que quando toca em nossas mãos nos fazem ter calafrios da nuca até a canela...
Gente que escuta com o coração e enxerga com a alma...


Depois conto mais do que quero...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

VIVER...


Minha alegria esta nas coisas que poucos compreendem,nas coisas que pouco sentem ela esta no sorriso de um homem que encontrei na beira de uma rodovia e levei para almoçar, ele não era lindo, não era conhecido, não tinha nome, não tinha casa nem colchão,ele tinha apenas um saco nas costas e marcas no corpo,tinha um olhar raro que poucas vezes encontrei nesta vida, um olhar de paz e dor...ele era uma luz no asfalto, uma luz que muitos buscam mas temem encontrar, talvez seu brilho seja intenso demais para as pessoas conseguirem enxergá-lo...
Mas esta foi uma alegria que fez minha alma dar gargalhadas...
Um alegria pura e sincera de sentir que alguma vez na vida você fez alguém de verdade feliz...
Meu querido amigo, certamente nunca nos veremos novamente, mas minha gratidão por ti é e sempre será imensurável, pois num dia de trevas tu me trouxe a luz.


Obrigado!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

TE AMAR.











É mesmo distante, fechar os olhos e sentir sua presença.
E ao abri-los te ver em todos os lugares.
É levá-lo comigo em meus pensamentos, não importando o tempo ou à distância.
É viver de saudades... lembranças... e momentos...
Te amar é ter forças de aprender com o passado, superar os obstáculos presentes e desejar que o futuro nos conceda o direito de sermos felizes.
Te amar é te tocar apenas com a força do pensamento.
É ter seu cheiro em minha pele.
Seu gosto em minha boca!
Te amar é ser pega por um desejo louco de largar tudo e correr para seu colo.
Te amar é acordar te desejando e dormir te desejando.
Querer incondicionalmente o seu bem, e jamais medir esforços para que isso aconteça.
Te amar é sorrir das piadas sem sentido e sem graça, por achar graça em ver o seu sorriso.
É te escutar mesmo no silêncio e na ausência de suas palavras...
Te amar é admirar seus gestos, e observar a grandeza que há em seus pequenos detalhes.
É ter este orgulho imenso que de ti!
Te amar é enxergar em seu olhar seus desejos, suas vontades, não precisar ouvir para sentir e não precisar dizer para você me compreender...
É esta vontade louca de realizar suas fantasias mais loucas seus desejos mais absurdos e ter a convicção que amarei fazer isso!
Te amar é se preocupar e as vezes perder o sono.
Te amar é orar e pedir que Deus te proteja sempre e que por onde quer que esteja, que seja muito feliz.
Te amar é ter certeza que não será a distância nem tão pouco o tempo que te afastarão de perto de mim, certeza que te encontrarei na eternidade desta vasta imensidão, mesmo que meus dias se findem pois minha alma estará sempre junto de ti.
Porque tudo se resume em TE AMAR!