sexta-feira, 4 de junho de 2010

Desatino


Se você parar por um segundo poderá ouvir o que eu não digo.

Saberá que sinto porque sinto, sem razão, sem causa, sem efeito ou destino.

Sou este constante desatino de desejos.

Te quero.

Porque você é assim, minha paz e inferno.

Quer uma sugestão?

Me agarre!

Use toda esta inteligência poética para me amar.

Tenha a ousadia de ser homem de ser louco.

Pra que pensar?

Pensar...e pensar...

Se no fim das contas tudo acaba em mim?

Agora me fale:

Você quer mesmo ser feliz?

Então jogue seus porquês numa lata de lixo bem funda e com uma tampa enorme e corre para algo real, saia dos sonhos e aproveite o que a bela vida lhe deu de presente.


EU!




Beijos
Rê Pinheiro

4 comentários:

  1. Rê,
    Muitas vezes no que não falamos está tanto! Mas nem sempre é simples interpretar o silêncio alheio. Somos seres complexos, simplesmente por sermos humanos. Se não conseguimos entender a nós mesmos, como os outros poderão?
    Aliás, verbalizar o silêncio anterior, expresso na primeira linha, é exatamente o que você faz. Belo texto, moça. Bela foto, também.
    Beijo grande.

    Ivan Bueno
    blog: Empirismo Vernacular
    www.eng-ivanbueno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Pois é meu querido Ivan, de fato "compreender" "entender" o outro não é algo que adquirimos é algo que nasce, concordo também com a complexidade de alcançar tal sentimento, mas uma coisa lhe digo meu docê amigo, quando nossa alma deseja, não há obstáculos, não há diferença entre o complexo e a simplicidade da essência, passamos de forma mágica a sentir o que o outro sente a ouvir o que o outro não diz e a enxergar o que nossos olhos não podem ver.

    Ivan, beijos e agradeço pelas palavras.

    ResponderExcluir
  3. Rê,
    É isso, mesmo. Ser complexo não significa ser impossível. E é muito bom quando ocorre. Faz teeempo que não sei.
    Eu é que agradeço as suas palavras aqui pra eu ler.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  4. linda amiga concordo com você.."quando nossa alma deseja, não há obstáculos.." quando se quer não se imagina obstáculos..Apenas se quer..ai! será que é porque somos essencialmente românticas e esse comportamento não cabe mais nos dias de hoje..num mundo onde o amor ESFRIOU?

    Quero morrer assim a ter que negar minha essência..assim sou ..assim vivo e assim espero..rs

    Linda..beijos meus!

    ResponderExcluir