quarta-feira, 1 de junho de 2016

A santa canalhice









Explicação para a santidade?
Não há uma viva alma nesta terra digna de ser chamada de santo.
Somos em nossa ignorância de querer ser gente, pobres repletos de uma vasta sensação de bondade.
E que bondade seria esta?
Ser bondoso com anseio de ter algo em troca não é bondade é barganha.
Se fizer algo de bom esqueça, e se caso seu lado pior transparecer tente ao menos ser inteligente e não deixar os rastros.
O mais forte, não é aquele que tem mais "poder" mas aquele que através da sensibilidade do autoconhecimento, consegue discernir entre a arte de "dominar" e ser "dominado".


Beijos
Re Pinheiro

2 comentários:

  1. Textos poéticos que embalam nossa imaginação, enquanto deixam uma beiradinha do tipo daquela cola que insiste em se manter grudada no vidro, e que a gente só consegue tirar com a unha: mistérios por trás dos textos fabulosos da incrível Rê Pinheiro. Se eu fizer algo de ruim, o prejudicado não me deixará esquecer. Se fizer algo de bom, estarei preparado para continuar. Parabéns, minha poetiza predileta. RG

    ResponderExcluir
  2. Santo por santo, prefiro ser eu mesmo, dominado ou dominador, nada disso importa, o que vale é o motivo, ou o momento.

    ResponderExcluir